Skip to content

Benefício Emergencial e Emprego – Oferece garantia? Veja!





Entenda tudo sobre o Benefício Emergencial Emprego.

Atualmente estamos enfrentando uma crise que está afetando diretamente diversos setores da nossa sociedade e para passarmos por ela sem muitos prejuízos o governo está desenvolvendo algumas soluções

O Auxílio Emergencial e o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (BEm) são algumas dessas soluções e é sobre o BEm que esse artigo vai discutir.

Muitos trabalhadores brasileiros estão tendo a sua jornada de trabalho e salários reduzidos ou até mesmo o contrato de trabalho suspenso.

Sendo assim, o Governo Federal lançou uma medida para não deixar que esse prejuízo se agrave. O objetivo de tudo isso é fazer com que os impactos na economia sejam amenizados.




Ficou interessado nesse assunto, certo? Continue acompanhando o artigo para saber mais sobre esse assunto e se informar sobre os seus direitos, informações importantes como:

Benefício Emergencial e Emprego: Como funciona? Quem pode solicitar? Este benefício garante o emprego fixo? Por quanto tempo o benefício emergencial pode durar? E muito mais.

Confira:

Benefício Emergencial e Emprego: Como funciona?

Benefício Emergencial e Emprego
Benefício Emergencial e Emprego

Primeiramente é essencial entender que o Benefício Emergencial Emprego é diferente do Auxílio Emergencial.

O Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (BEm) é uma medida do Governo Federal para minimizar qualquer prejuízo causado pelo estado de calamidade que o Brasil e mundo está sofrendo no momento.




O auxílio Benefício Emergencial possui o objetivo de ajudar os trabalhadores que tiveram que realizar acordos com empresas para que seja possível reduzir de forma proporcional a jornada de trabalho e a o salário.

É até mesmo uma medida para ajudar quem acabou tendo o contrato de trabalho suspenso.

Isso significa que se você teve a sua jornada de trabalho reduzida ou se o seu contrato foi suspenso, o Governo Federal estará proporcionando o auxílio BEm, que é uma renda financeira.

Benefício Emergencial e Emprego: Quem pode solicitar?

Poderá solicitar o Benefício Emergencial Emprego aqueles que se enquadram nas situações a seguir:


    • Quem teve a jornada de trabalhado reduzida, portanto também sofreu com a redução salarial;
    • Quem teve o contrato de trabalho suspenso de forma temporária.

    Além de tudo isso, o Benefício Emergencial de Emprego e Renda também é responsável por ajudar empregados cujo regime de jornada é parcial ou até mesmo intermitentes, assim como empregadas domésticas e quem é aprendiz.

    Acontece que o salário e a jornada de trabalho podem ser reduzidos em 25%, 50% e 70%.

    Isso significa que essa ajuda é especialmente para aqueles que foram prejudicados pelo estado de calamidade e todas as dificuldades que estamos enfrentando no momento.

    A necessidade do isolamento social afetou de forma direta a economia não apenas no Brasil, mas assim como também em outros países e o Governo Federal encontrou uma solução nessa medida.

    Este benefício garante o emprego fixo?

    É essencial entender que o Benefício Emergencial Emprego é para quem possui acordos com o empregador, ou seja, ele é para quem tem emprego fixo.



    Benefício Emergencial para preservação do emprego é uma forma de garantir que o trabalhador continue com o seu emprego, aliás, o objetivo desse auxílio é justamente evitar a demissão em massa que poderia estar acontecendo.

    Portanto, quem estiver recebendo essa ajuda continua com o emprego fixo normalmente, porém com essa mudança até o que acordo pré-estabelecido dure.

    Quem foi demitido não possui a chance de acessar esse benefício, portanto, esse cidadão deve buscar pelo seguro desemprego.

    Beneficio Emergencial de Emprego e Renda

    Por quanto tempo o benefício emergencial pode durar?

    Benefício Emergencial preservação do emprego e da renda não vai durar para sempre, ele surgiu para amparar no momento atual e possui um prazo para ser encerrado.

    Esse benefício será pago todo mês enquanto o acordo estiver acontecendo com a empresa que estiver empregando.

    Quando há redução de salário e da jornada de trabalho, o máximo de ajuda que esse trabalhador vai receber é de três parcelas, pois esse tipo de acordo não poderá durar mais do que 90 dias.

    No cenário de suspensão de contrato acaba valendo apenas durante o período de 60 dias, ou seja, apenas duas parcelas.

    Ainda não é sabido se esse benefício pode ser renovado devido ao atual cenário em que estamos vivendo.

    Onde consultar o valor do meu benefício?

    Não há complexidade nenhuma em realizar a consulta do Benefício Emergencial Emprego, basta você seguir o que será explicado logo abaixo.

    É necessário fazer o processo de consulta pelo aplicativo Carteira de Trabalho, ou seja, pelo CTPS Digital.

    Inicialmente é necessário baixar o aplicativo e depois fazer o cadastro ou já colocar os dados do seus login, caso já tenha a conta na plataforma do Governo Federal.

    O cidadão também precisará fazer a autorização do uso de alguns dados privados por esse software.

    Quando você tiver acesso a esse aplicativo, será permitido encontrar as informações sobre essa ajuda na sessão “Benefícios”.

    Não há complexidade nenhuma em ter acesso ao Benefício Emergencial de emprego e renda e agora que você já sabe de tudo sobre essa ajuda, poderá fazer o processo ainda essa semana.

    Neste vídeo você terá mais informações e caso tenha dúvidas, pode acessar o blog → Seguro Desemprego Web: